AceleraBlog

20 hábitos dos especialistas em e-mail marketing (parte 02)

Posted by Caroline Piguin on Jul 29, 2014 7:00:00 AM

E-mail marketing é uma ótima maneira de comunicar-se com seus diferentes públicos. Seja para divulgação de notícias, conteúdo, criação de relacionamento, ou propaganda, contanto que a estratégia de e-mail marketing esteja bem amarrada com o restante da estratégia de marketing e comunicação. É fácil ver um e-mail marketing que nos causa desconforto, ou sensação de SPAM. Difícil, no entanto, é dominar a linguagem e criar um e-mail marketing realmente valioso para seus leitores. Por isso fizemos um post em duas partes sobre os principais hábitos dos especialistas em e-mail marketing, baseado nas dicas do Get Response

Veja o post anterior

Hábito 11 - Eles se mantem dentro de sua marca
Como são os e-mails que você manda? Eles se ajustam à resolução da tela? Como ele se parece em diferentes navegadores? Como é o seu design?
Você já clicou em uma newsletter e percebeu que o design do e-mail não tinha absolutamente nada a ver com o site? Isso acontece quando o responsável não inclui o e-mail marketing no branding da empresa. Você tem que pensar em como seu e-mail marketing vai interagir com cada material de sua empresa, e como deve ser essa interalção.
Você não precise se preocupar em ter uma newsletter absolutamente fantástica, muitas vezes percebemos que e-mails apenas de texto performam muito melhor do que gráficos e layouts muito elaborados. A questão é que você deve pensar nas cores, logos e design de seu e-mail marketing.

Hábito 12: Eles trabalham duro para criar o conteúdo perfeito.
O que é o conteúdo perfeito pra um e-mail marketing?
Ele é o que ajuda de fato seus leitores. É o conteúdo que supre as suas expectativas e que cumpre o que foi prometido.
O conteúdo certo é objetivo, não tem enrolações, estimula o engajamento e compartilhamento de informações, e principalmente, converte e é precursor das vendas.
É o conteúdo que é o passo anterior ao lead de produtos e serviços. Ele te mantém como a marca mais lembrada, porque você gerou valor efetivo para seus clientes com ele. Um bom conteúdo mostra sua autoridade e conhecimento sobre determinado tema, dessa maneira, seus leitores não terão que ir em outro lugar.
Essa é , na verdade, a única razão para você abrir todos os e-mails de seus blogueiros favoritos. Espalhe seus conhecimentos, dessa forma você vai ter mais respostas positivas.

Hábito 13: Eles não vão encher sua caixa de spam.
Seus blogs favoritos nunca, jamais vão encher sua caixa de spam. Sabe porque?
Porque spam é uma quebra de confiança. Seus leitores depositaram uma informação pessoal deles (seus e-mails) e esperem que você proteja essa informação com o mesmo cuidado que eles protegem. Por isso, nem pense em mandar informações de afiliados, promoções alheias, entre outras coisas.
Qual o cuidado que você gostaria que tivessem com seu e-mail? Reproduza ele com cada um de seus inscritos. Antes de mandar qualquer coisa para eles, pense: Isso vai ser realmente relevante para meu leitor? Qual o valor que eles verão nesse e-mail? Se você não souber ou a resposta for não, nem pense em mandar. advice on healthy living or finding a soul mate.

Hábito 14: Eles constroem um relacionamento com seus leitores antes
Acreditamos sim que o e-mail marketing pode te ajudar muito com suas conversões e vendas. Mas o dinheiro, na verdade, está no relacionamento que você constrói com sua lista.
Ótimos profissionais de marketing sabem que antes de tentar vender qualquer serviço ou produto é necessário oferecer um valor muito claro e construir uma base sólida de relacionamento e confiança.
Para tentar vender algo por e-mail marketing, você tem que provar muito bem o seu valor antes. Você tem que ganhar o direito de fazer promoções, e o esforço colocado nisso vale pelo imenso retorno sobre investimento.

Hábito 15: Eles tem um ótimo call to action
O que você espera que os leitores façam com sua newsletter? Compartilhem o conteúdo? Comprem o seu produto? Te respondam? Curtam nas mídias sociais? Se você pudesse escolher um, qual seria?
Mantenha-se focado, e não encha seus e-mails com call to actions. Esse tipo de coisa tira a atenção do real foco, e seus e-mais não vão jamais dar o resultado esperado.

Hábito 16: Eles sabem o que (e como ) oferecer
Como eles sabem exatamente a ação que eles esperam, eles sabem como criar ofertas incríveis ( e impossíveis de não clicar). Como eles sabem quem é o leitor, e o que eles esperam de resultado, eles sabem também o que oferecer, e a qual preço.

Hábito 17: Eles sabem ler pessoas
Os especialistas de e-mail marketing sabem a diferença entre o que as pessoas falam que vão comprar e o que elas realmente vão. Eles entendem o que as pessoas precisam é diferente do que as pessoas gostam, ou querem, e sabem que esse precisar é o que gera os cliques, as compras, o retorno.

Hábito 18: Eles não param de aprender.
Os especialistas em e-mail marketing são carismáticos, tem uma linguagem simples, porém envolvente. Mas eles não nasceram com essa habilidade. Eles colocam horas e mais horas aperfeiçoando suas habilidades, aprendendo novas técnicas, fazendo novos testes, e vendo as tendências e mudanças de comportamentos.
Eles são metódicos e não param de trabalhar, sabem que para se tornar um profissional especialista é necessário tempo e estudo.

Hábito 19: Eles medem seus resultados
Como foi sua última campanha de e-mail? Como foi a taxa de abertura? E a de cliques? O segredo para entender cada vez mais , é saber o que você está fazendo de certo, e de errado. Experimente novas maneiras de falar, novos títulos, novas ofertas, novos layouts, horários de envio, e por aí vai.
Não esqueça de usar o split testing, que é mandar inicialmente para duas amostras com pequenas modificações entre eles, e qual performar melhor, vai para o restante do público,

Hábito 20: Eles tratam bem sua audiência
E finalmente, a principal dica. Eles se importam realmente com os seus leitores. O e-mail não é uma maneira de chegar no bolso do seu leitor, mas sim no seu coração. Com o e-mail marketing, assim como qualquer maneira de comunicação, você tem uma oportunidade incrível de torná-lo um embaixador da marca, de colocar-se como uma empresa que realmebte está do lado de seus públicos.

Read More

Topics: empreendedorismo, marketing de conteúdo, Posts Blog, e-mail marketing, marketing, startup, start up, especialistas, hot topics

20 hábitos dos especialistas em e-mail marketing (parte 01)

Posted by Caroline Piguin on Jul 22, 2014 7:00:00 AM

Pense por um segundo por um seguindo em todos os e-mails não relacionados ao trabalho ou pessoais que você recebeu em sua caixa de entrada hoje. Diariamente recebemos newsletters, notificações de aplicativos, redes sociais, listas, e por aí vai. Qual e-mail você abriu, e quais você deletou?

Você as vezes recebe um e-mail que tem vontade de ler, mas não tem tempo para ver naquele minuto? Esses você mantém para dar uma olhada, talvez, no fim do dia. E o que acha dos e-mails que você clica achando ser interessante e logo percebe que o conteúdo não vale a pena?

O e-mail marketing anda meio descreditado, é comum ouvir dizer que o e-mail marketing já não serve mais para os propósitos. Mas será que é verdade?

Por muito tempo acreditei que sim, mas recente estudos e testes têm me mostrado que o problema era eu. Realmente, uma newsletter padrão com promoções e ofertas pode não gerar muito engajamento, mas um e-mail pensado exclusivamente em um nicho de assinantes, interesses, e diferentes estágios da compra fazem muita diferença na taxa de conversão. E acredito que o e-mail marketing pode ser uma fonte preciosa de visitas e conversões em seu site pode ser sim uma fonte muito preciosa de leads e visitas em seu site, principalmente pequenas empresas e startups.

Mas como criar esse e-mail marketing dos sonhos? Como alcançar fantásticas taxas de abertura e cliques? Como gerar o compartilhamento e estimular o engajamento?

Primeiro, você tem que se tornar um especialista em e-mail marketing. E isso significa aprender, por meio de testes, novos formatos, novos títulos e novas maneiras de comunicar.

Achamos no Get Response alguns hábitos de um especialista em e-mail marketing, os quais nos baseamos para a criação deste (e do próximo) post:

Hábito 1: Eles tem a permissão de sua audiência primeiro.

Não existe um caminho fácil para a construção de uma lista engajada de e-mail. Os “atalhos” como comprar listas de terceiros, incluir clientes, sejam atuais ou antigos, são maneiras de desengajar a sua audiência.

Por mais que demore mais para chegar a 10.000 inscrições, ter uma lista limpa e engajada é muito mais eficaz para uma campanha de marketing do que um amontoado de pessoas que por algum motivo recebe seu e-mail.

A dica parece óbvia, mas as vezes os atalhos parecem tentadores e colocam a perder meses de trabalho duro.

Hábito 2: Eles prestam atenção no que a audiência quer ouvir.

Bons profissionais de marketing escutam mais do que falam. Eles fazem sua lição de casa antes de mandar suas campanhas. E por fazer a lição de casa queremos dizer participar de fóruns sobre o tema, pesquisar as principais palavras chave no Google, ficam de olho no site e e-mails marketing de seus concorrentes, e pesquisam as últimas descobertas e estatísticas sobre o tema.

Esse esforço de entender o que vai ser mais efetivo geralmente é percebido por seus e-mails e acaba sendo, de fato, mais produtivo.

Hábito 3: Eles tem um objetivo específico

Um e-mail marketing nunca deixa de ter um propósito. E sim, apenas um. Pode ser gerar mais tráfego para uma página específica, estreitar relacionamento, fazer uma oferta, dar alguma informaçãoou ainda solicitar algo. Tanto faz, escolha um objetivo ( e seja específico) e comece a construir seu e-mail marketing a partir daí.

Seja 100% claro com o que você pretende com esse e-mail marketing, transmita uma mensagem clara, lembre-se que pessoas confusas tendem a não tomar nenhuma ação.

Hábito 4: Eles tendem a escrever para uma pessoa específica

Faça um exercício: Quem seria seu leitor ideal? Escreva para ele.

Os experts em e-mail marketing já fizeram esse exercício também e sabem exatamente como falar com seus leitores ideais, quando você fala com todos, você acaba não falando com ninguém, então quebre sua lista em públicos e saiba muito bem qual mensagem deve ser direcionada a qual público.

 

Hábito 5: Eles falam com alguém

Não comece um e-mail com “olá amigos”, “olá pessoal”, ou algo genérico desse tipo. Isso vai parecer que você está mandando um e-mail de massa. Sim, você está mandando um e-mail geral, e eles sabem que você está fazendo isso, mas mesmo assim, quanto mais você puder personalizar, melhor.

Hoje em dia, os principais aplicativos de e-mail já têm a opção de incluir automaticamente o primeiro nome da pessoa, nome da empresa, nome completo, e por aí vai.

As vezes é difícil mandar um e-mail falando com diversas pessoas, então pense em apenas uma, o “leitor ideal” que falamos acima. Isso também vai te ajudar a pensar em como redigir o texto.

 

Hábito 6: Eles se mantêm consistentes

Quando as pessoas se inscrevem para a sua lista, eles estão mostrando claramente que estão interessados em ouvir o que você tem a dizer. Eles estão confiando em você. Não tire vantage disso. Não mande milhares de e-mails, não mande conteúdo que eles não estão interessados em receber e não fique enviando e-mails promocionais.

A grande sacada é achar o balanço certo e continuar consistente. Isso não significa necessariamente que você terá que publicar diariamente. Consistência significa cumprir a promessa que você faz no momento da inscrição. Consistência pode ser qualidade, frequência, tom, tamanho e format. E manter-se consistente significa manter-se relevante, e necessário.

Hábito 7: Eles criam títulos que imploram para ser clicados

Na criação de conteúdo, o título deve ser a primeira coisa a ser criada. Ele deve ser chamativo, interessante, diferente, mas principalmente, não deve fugir ao texto. Por isso, ele também deve ser o último ponto a ser revisado.

Mantenha a linguagem do título coerente com o texto. Se você coloca um título na linguagem coloquial, pense que é isso que seu leitor está esperando do restante do texto. Verifique se a promessa está sendo cumprida durante o texto.

Para criar títolos cada vez mais clicáveis, faça testes A/B antes do envio. Com isso você vai descobrindo a quais tons de voz seus públicos responder melhor, quais as mensagens que os interessa, e crie cada vez mais títulos impossíveis de não serem clicados.

Do write headlines that follow the 4U formula (Urgent, Unique, Ultra-specific and useful) but follow up on the promise for the continued trustworthy relationship. Avoid using spam trigger words to make sure your email actually arrives safely in the recipient’s inbox.

 

Hábito 8: Eles engajam com sequencias de e-mails

Ao assinar um novo e-mail marketing é comum receber um e-mail de agradecimento e confirmação de cadastro. Mas geralmente depois – nada.

O grande problema disso é que você consegue um dos passos mais difíceis, que é impactar um usuário e torna-lo leitor, porém , sem engajá-lo nessa fase geralmente esses leitores se esquecem das listas que se inscreveram, e pronto, você deixou de aproveitar um possível embaixador da marca.

Mantenha seus leitores próximos, e ofereça coisas interessantes, crie um canal de diálogo, e reforce a importância que ele tem para você.

Os profissionais de marketing super eficientes sabem o engajamento que é possível alcançar apenas com e-mails de boas vindas.

Os autorresponders são uma ótima maneira de comunicar-se com seus públicos em situações específicas. Criar uma sequencia de e-mails logo após a inscrição em uma newsletter é uma ótima maneira de engajar seus leitores desde a primeira interação.

 

Hábito 9: Eles criam um tom de voz para seus e-mails

Pessoalmente eu não aguento mais ler e ouvir os mesmos discursos de marketing e vendas de sempre. Parecem que sempre são escritos pela mesma pessoa ou empresa. Falta personalidade, falta um tom de voz bem definido, falta ser menos marketing e mais relacionamento.

É difícil definir um estilo e uma personalidade para sua marca, e mais difícil ainda é segui-lo. Achar a perfeita sintonia entre o formal e o informal, mas confie em mim, você só vai achar esse meio-termo que atende sua startup se arriscando e saindo do corporativês.

Sua empresa deve ser conhecida não apenas por sua identidade visual,e mas também por como ela se comunica com seus públicos. Não faça parte da massa de e-mails que soam iguais.

 

Hábito 10: Eles “conversam”

Pratique o hábito de escrever como se estivesse conversando.

Imagine que você tivesse que contar um tópico para um amigo. Como você faria? Qual linguagem você usaria? Como você distribuiria os tópicos?

Bons profissionais de marketing são capazes de criar intimidade.

Eles escrevem como se você fosse um grande amigo e ficam felizes a cada resposta de leitor, a cada feedback, a cada pergunta.

Seja um amigo de seus leitores e você notará a diferença imediatamente em suas taxas de abertura e conversão.

 

Read More

Topics: dicas para empreendedores, empreendedorismo, marketing de conteúdo, Posts Blog, marketing para startups, startups, e-mail marketing, marketing, start up, hot topics, empreendedor, conversão

O poder dos infográficos em sua estratégia de conteúdo

Posted by Caroline Piguin on Jul 3, 2014 12:10:49 PM

Cada vez é mais comum ver infográficos sobre temas variados em nosso feed no Facebook, twitter , e por aí vai. Esse fato não é uma grande surpresa quando analisamos o crescimento das mídias sociais que tem imagens como ponto principal.

Read More

Topics: dicas para empreendedores, marketing de conteúdo, Posts Blog, marketing para startups, infografico, marketing, midias sociais, hot topics

4 passos essenciais depois de um conteúdo espetacular

Posted by Caroline Piguin on Jan 31, 2014 6:01:37 PM

Muitas pessoas acreditam que o trabalho de marketing de conteúdo termina quando os posts e materiais são publicados, e isso não poderia ser mais distante da realidade. Quando terminamos a criação de conteúdo, ainda tem muito trabalho a ser feito, desde a melhora de como seus leitores verão o conteúdo, aprimoramento de métodos de criação, diagnóstico de possíveis problemas, e métodos de distribuição.

Para facilitar esse problema, usamos como base um artigo da Content Marketing Institute, para falar nesse post sobre 4 passos pós a publicação do conteúdo.

1-Otimização
Otimizar seu conteúdo é o primeiro passo que você precisa tomar para aumentar a probabilidade dele ser encontrado. No entanto, é preciso tomar cuidado com textos pensados exclusivamente em SEO, pois geralmente a qualidade destes textos é terrível e os leitores não desperdiçam seu tempo com isso. O segredo é criar um texto que se direciona completamente para as necessidades de seus clientes, e que coloque os mecanismos de busca em segundo lugar.

Quando você otimizar o seu conteúdo não esqueça de além do texto e estrutura da página, otimizar também as imagens, pensando em textos alt, nome do arquivo , etc.

Pense com cuidado no título e na meta description, porque se eles não estiverem relevantes e chamativos, a possibilidade que seu cliente entre em sua página para consumir conteúdo é nula, mesmo que você seja o primeiro resultado da busca.

2- Promoção

Promover o conteúdo produzido é um passo essencial do marketing de conteúdo bem-sucedido. Você não pode confiar apenas que as pessoas vão encontrar o seu conteúdo através de motores de busca , você tem que divulgá-lo de todas as maneiras possíveis.

Algumas das mais usadas são:

Mídias Sociais: Certifique-se de compartilhar seu conteúdo em qualquer rede social que você participe. Compartilhe os conteúdos e grupos temáticos e peça para que os defensores de sua marca também compartilhem.
Blogs: Comente em blogs relacionados ao tema, divulgue seus artigos e crie parcerias para publicar em diferentes produtores de conteúdo do mercado.
Email: Crie um newsletter, avise seus leitores de seus novos posts e crie uma estratégia abrangente de e-mail maketing.
Podcasts : Discuta o seu conteúdo, criando um podcast relevante para a indústria.

Essas são apenas algumas opções. Busque entender onde está seu público engaje-os e compartilhe seu conteúdo lá!

3 - Link Building:

Existem muitas táticas de link building que não violam os termos de serviço de motores de busca e ainda trazem benefícios aos leitores e facilidade de navegação no site, e facilitam as estratégias de promoção e distribuição de conteúdos discutidos acima. Quanto mais as pessoas acham o seu conteúdo útil , maiores suas chances de conseguir links.

Porém, escrever pensando apenas na inclusão de possíveis links não é uma estratégia sustentável (ou recomendada) , mas compartilhar conteúdo interessante em um blog externo ou plataforma de mídia social é extremamente valioso para as marcas. Outra opção é pedir para blogueiros relevantes criarem posts para seu blog ou mídias sociais, além de trazer interessados no assunto, eles vão divulgar seus esforços extracurriculares de conteúdo, o que te ajuda com segmentos ainda inexplorados, trazendo mais visibilidade para seu blog.

4 - Meça resultados:

Depois de tudo, é importante que você entenda quais as partes mais fortes e fracas de sua estratégia. Para isso, faça uma análise, conteúdo a conteúdo, de seus resultados. Quais assuntos geraram mais retorno? Quais canais geraram mais tráfego para seu blog? O que gerou mais engajamento? Como foi a navegação de seus usuários pelos diferentes conteúdos?
Com isso, será muito mais fácil adaptar sua estratégia de conteúdo e divulgação semanalmente com base nas necessidades específicas de seus clientes.

Read More

Topics: blog, Search engine optimization, dicas para empreendedores, marketing de conteúdo, Posts Blog, marketing para startups, marketing, métricas, ideias, conteúdo, midias sociais, hot topics

Como criar um conteúdo espetacular em 5 passos

Posted by Caroline Piguin on Jan 30, 2014 8:40:16 AM

Vemos diariamente aqui na Aceleratech a dificuldade para a criação de um conteúdo relevante e atrativo. Existem diversas técnicas para a criação de conteúdo, mas algumas, admito mais atrapalham do que ajudam, pois criam um processo gigante e dificultam o dia a dia.

Já falamos bastante sobre como o marketing de conteúdo está em constante crescimento e, principalmente no Brasil ainda tem muito espaço para novos players. O grande problema que vejo é a dificuldade para a produção de conteúdo, e o tempo geralmente usado durante a produção do post.

Como produtora de conteúdo, sei que a pior parte é a inspiração. Quando já sabemos sobre o que escrever, e qual ângulo usar em cada matéria, o resto fica muito mais simples. Por isso decidi criar esse post, com 5 dias que me ajudam no dia a dia da criação de conteúdo, e que agilizam bastante o processo.

1- Pense primeiro no título do post, e não em seu conteúdo.
Essa foi a dica mais valiosa que já recebi durante esse tempo criando conteúdo. De nada adianta seu post ser maravilhoso, se ninguém o lê.
Li essa dica em algum blog especializado em conteúdo certo tempo atrás, e apesar da dificuldade de colocá-la em prática (temos o péssimo costume de zapear os blogs, revistas e sites em busca de inspiração, quando temos que pensar no que nossos clientes querem)

Pense em algum assunto de interesse de seus clientes em tópicos. Pensou? Agora quebre esse assunto em itens menores até chegar em um nicho específico. Qual o ângulo mais sexy para se trabalhar com ele? Crie uma frase vendedora e comece daí.

2- O primeiro parágrafo é tão importante quanto o título…
Você conseguiu fazer um leitor clicar em seu conteúdo, que maravilha! Mas isso só vai adiantar se ele realmente consumir seu post. O trabalho está apenas no começo.
Busque criar um primeiro parágrafo que fisgue a atenção, e uma ótima tática é falar de situações reais ou dificuldades do dia a dia. Desse modo é muito mais simples a identificação do leitor e a continuidade da leitura.

3- Agora é a hora de pesquisar!
Você já criou um título memorável, fez um primeiro parágrafo matador, agora é hora de rechear seu post!
Imagino que nesta altura você já deve estar pensando na estrutura de seu post, e qual a abordagem que você pretende dar para ele, e nestes casos , mencionar pesquisas é sempre uma boa tática. Quando quero incluir dados sobre algum assunto, uso muito o FactBrowser, onde consigo buscar por fatos específicos por assuntos.
Uma boa dica também é pesquisar posts com um assunto semelhante, para ver a estrutura e turbinar a inspiração.
Em um processo de criação comum, essa geralmente é a parte mais demorada, mas seguindo essa sequência, você consegue buscar coisas precisas, diminuindo bastante sua duração.

4- Ponha no papel.
Na sua cabeça, você já tem todos os argumentos, fatos e linguagem do seu conteudo, agora é a hora de você transferí-lo para o papel. Quando você já tem tudo em mente, o tempo usado nessa parte também diminui muito, e no lugar de montar um texto e ficar encarando o documento em branco, as ideias já sairão encadeadas no papel.

5- Finalize como um mestre
Que tal finalizar seu post engajando seus leitores e pedindo que eles também compartilhem suas experiências em relação ao tópico com você?
Além do resultado óbvio, que é o aumento do diálogo entre você e seu cliente, você ainda terá a oportunidade de aprender e discutir sobre o tema.

Quais são os principais segredos na hora de criar um conteúdo matador? Compartilhe conosco!

Read More

Topics: empreendedorismo, marketing de conteúdo, Posts Blog, marketing para startups, marketing, ideias, conteúdo, hot topics

04 resoluções de marketing para sua startup

Posted by Caroline Piguin on Jan 10, 2014 4:32:39 PM

Início de ano sempre é uma boa época para repensar.Fazemos um balanço de tudo no ano passado, e criamos metas e desejos para o ano que começou.

Para quem é empreendedor, é importante fazer uma reavaliação dos resultados de sua startup, e para o marketing é uma boa época para estudos, criação de metas para o ano e para pivotar a estratégia, caso necessário.

Resumimos 04 resoluções de marketing para 2014 que não podem faltar na sua lista!

Crie e compartilhe mais conteúdo
Mostre sempre o quanto você é expert no que faz e como você conhece o mercado. Criar conteúdo que realmente atraia potenciais clientes, formadores de opinião e pessoas da área é uma maneira relativamente simples (porque sabemos que um bom conteúdo demanda tempo) de espalhar sua marca. Caso você tenha criado conteúdo em 2013, coloque como meta criar mais, e de forma mais regular. Além disso vale entender quais foram os posts e artigos mais populares do ano passado e começar esse ano com temas reformulados!

Monitore, avalie e mude mais a estratégia
Agende-se para vistoriar seu analytics toda semana, aprenda o que deu certo, e o que você fez que poderia ser melhorado para gerar mais resultados. Das pessoas que entraram em seu site, de onde eles vieram? Quais palavras as pessoas buscaram no Google para chegar em seu site? Elas realmente são as melhores possíveis e descrevem seu core business?
Em caso de uma nova campanha, veja qual foi o reflexo no site e nas mídias sociais.
Falando nelas, veja suas menções, RTs, compartilhamentos, comentários e o crescimento (ou não) com o passar do tempo. Monitore todas as ações, em todas as plataformas digitais, e crie análises mais aprofundadas.Caso sua estratégia de marketing não esteja dando certo, não tenha medo de ajustá-la.

Seja mais social
A presença social não significa apenas jogar conteúdo para seus assinantes, curtidas e seguidores.Engaje seu público com perguntas, compartilhe conteúdos deles, não esqueça de respondê-los sempre, e crie conversas e discussões. Tente comentar em blogs relativos à sua área e participe do dia a dia das redes sociais

Mexa mais em seu site
A maioria das startups, ou até grandes empresas, criam seus sites e os deixam estáticos até a próxima mudança completa de layout. Coloque a otimização de SEO e usabilidade como parte de suas tarefas semanais. Releia sempre os textos de seu site,e se pergunte: Eles estão claros? otimizados para SEO? Alguma informação do site precisa mudar? E veja seus acessos e taxa de conversão aumentarem absurdamente.

Você tem mais alguma dica para esse ano? Compartilhe conosco!

Read More

Topics: marketing de conteúdo, Posts Blog, analytics, seo, SEM, startups, marketing, Startup company, ideias, resoluções, startup, estratégia de marketing, social media, conteúdo, midias sociais, sucesso, hot topics

A Grande diferença entre marketing de conteúdo brasileiro e americano - Parte 02

Posted by Caroline Piguin on Jan 8, 2014 5:01:47 PM

Falamos neste post sobre o quanto o marketing no Brasil ainda tem muito espaço para ser trabalhado, desde que bem planejado. Percebemos, porém, que muitas startups ainda enxergam o marketing como aquela coisa gigantesca-propaganda-de-televisão. Mas é importante saber que antes desse estágio são necessários muitos outros passos menores que passam desapercebidos, e que geram uma imagem de colcha de retalhos.

Read More

Topics: empreendedorismo, marketing de conteúdo, Posts Blog, startups, marketing, Startup company, Small Business, ideias, startup, estratégia de marketing, start up, conteúdo, sucesso, inbound marketing, hot topics

A grande diferença entre marketing de conteúdo Brasileiro e Americano

Posted by Caroline Piguin on Dec 26, 2013 1:00:09 PM

Há duas semanas um grupo de alunos de MBA da Universidade de Texas veio visitar a Aceleratech, e percebi que grande parte de suas dúvidas eram relativas às diferenças entre a atuação dos empreendedores aqui e nos Estados Unidos pergunta chamou minha atenção: “Quais as principais diferenças entre o mercado digital no Brasil e nos Estados Unidos, e por onde uma empresa de qualquer segmento deve começar?”.

Read More

Topics: Aceleratech, dicas para empreendedores, empreendedorismo, marketing de conteúdo, Posts Blog, marketing para startups, startups, marketing, Startup company, ideias, estratégia de negócios, startup, Negócios e Empreendedorismo, mercado, social media, midias sociais, marketing digital, hot topics

Subscribe to Email Updates

Posts by Topic

see all

Follow Me